Sobre Nós

Um dia, vamos acordar e descobrir que a energia que carrega a bateria do nosso despertador veio da brisa das árvores, durante a noite. Nessa manhã, iremos para o trabalho a cavalgar em raios de sol, os mesmos raios que irão iluminar as nossas cidades, e alimentar os nossos negócios, os mesmos que irão aquecer as nossas casas, ou refrescar o nosso local de trabalho, que irão reduzir fontes de conflito, e nutrir as nossas economias.

Que irão ligar-nos. Não irão cicatrizar a terra, ou envenenar os oceanos. Os frutos que comemos irão ser bons para o nosso corpo e bons para o planeta. E nesse dia, vamos todos dormir sem peso na consciência sem a dor amarga de um amanhã sem esperança.

Vai haver mais empregos e menos doenças. O nível médio das águas do mar irá parar de subir e as espécies deixarão de desaparecer. A questão está em saber Como é que nós (todos os 7,3 biliões de pessoas que habitamos a Terra…) chegamos a esse dia maravilhoso?

Comecemos por determinar que (não obstante as nossas dúvidas e diferenças), esse dia de facto pode chegar. É algo que cada um de nós pode fazer, desde já. Podemos fazer acontecer esse dia, começando hoje mesmo a pensar que nada é impossível; a capacidade de mudança é um poder que o Homem tem.

O sonho (de mais e melhor!) não só é possível como é, de facto, aquilo que o futuro nos pede. Temos apenas que ignorar as previsões e avisos da ciência, os apelos insidiosos do medo. E, em vez disso, caminharmos para as soluções e parcerias necessárias. A grandeza do Universo não se reduz à equação dos sábios.

Podemos fazer do dia de hoje o dia em que paramos de apontar o dedo da culpa uns aos outros começando a desenhar um caminho novo juntos. Nunca enfrentámos uma crise como esta, mas também nunca tivemos uma oportunidade tão boa de a resolver.

Temos tudo aquilo de que precisamos para acordar para um novo tipo de mundo. Precisamos que os nossos líderes tenham coragem de tomar decisões ousadas. Foi para isso que lhes demos PODER. No futuro vão lembrar-se de nós como a geração que destruiu a própria casa ou então aquela que finalmente aprendeu a respeitá-la.

Temos todas as razões do mundo para agir com sabedoria. Não podemos esperar por amanhã. Esta é a nossa casa, É ÚNICA… não temos outra. Vamos escrever a mais bela página da história do TEMPO.

A partir de hoje! Agora… e… sem demora! Troque o “era uma vez…” pelo… “É DESTA VEZ!” Quem não quiser, salte fora!

________________________________________________

We are LOVING THE PLANET

Música gentilmente cedida por Filipe Palas (Máquina del Amor)